Wednesday, April 9, 2008

sim, eu sei

...que não escrevia aqui há imenso tempo. Depois de passar uma data de horas em frente a um computador no trabalho e chegar a casa ás 11 da noite, não tenho muita paciência para vir aqui. Já cheguei a deixar uma das minhas caixas de e-mail atingir a capacidade máxima. Mas, se tudo correr bem, pode ser que a situação mude. Lista de novidades:

  • Consegui dar os cachorrinhos todos. Ficaram na zona de Azeitão e muito bem entregues.
  • Vou finalmente deixar o mundo dos call centers e das entrevistas e dedicar-me a outra coisa. Vou vender seguros!
  • A granny está possuída por um espírito mau e sem sentido de humor. Ou isso, ou está maluca e qualquer dia degola-me durante o sono.
  • O Igor já voltou da sua busca de gatas ardentes e já ganhou uns quilos.
  • Fui rever o Palácio da Pena a Sintra, com a mana e o Celta, pois já não lá ia há imenso tempo.
  • Comi só dois travesseiros na Periquita porque quem ia comigo estava à espera de me ver agir como uma besta... foi só para não parecer mal. Mas que fiquei lá com os olhos, lá isso fiquei. Marchavam mais uns 2 ou 3...
  • Perdi um sapato. Não sei onde nem como. Estou desconfiada que o Igor deu uma "prenda" a alguém!
  • O meu Boguinhas deixou-me apeada no meio de Lisboa, na Rodrigues Sampaio. Simplesmente não pegava. Assistência Técnica, oficina, uma bateria nova e 80 euros depois, ficou impecável. Não ganhei para o susto.
  • Ainda não me mandaram o catálogo da La Redoute. Será que é porque nunca compro nada? Mas gosto de dar uma olhadela, ora essa!

E aqui estão as novidades dos últimos dois meses. Um seca, não é? Ou como diz o N. (ele gosta ainda do secretismo): "A tua vida dava um filme indiano".

Artistas de merda!

Todos sabem que encaro a arte moderna de maneira peculiar.
A última que me chegou ao mail, de um denominado artista, foi a "obra" do senhor Guillermo Vargas Habacuc que decidiu recolher um cão vadio, atá-lo com uma corda dentro de uma galeria de arte e deixá-lo sem àgua nem comida durante o tempo que o pobre bicho aguentou, até morrer inanimado.
De todas as pessoas que foram ver tal exposição, ninguém sequer se preocupou com o animal e o sucesso foi tal que o artista foi convidado a representar o seu país na Bienal da Colômbia em 2008, onde até vai receber um prémio e repetir a... instalação! Ou seja, outro cão vai morrer em nome da arte!
Com os rabiscos e os salpicos e os milhões dados por telas vomitadas eu posso bem. Agora com crueldade é que não.
Não consigo conceber a ideia daquele merdoso (desculpem a expressão mas não me contenho) nem sequer entendo porque raio nenhum dos visitantes daquela galeria fez algo para ajudar o pobre animal. Cambada de merdas!
A minha avó costuma dizer que sou mais dada aos animais que às pessoas. Os animais não traem sem antes terem sido traídos. O seu amor é incondicional. Não maltratam. Não mordem a mão que os afaga.
Não compreendo como é que o ser humano consegue tanto fazer como compactuar com uma brutalidade destas! Hoje, o Homem desceu mais uns quantos degraus na minha consideração.

Friday, February 15, 2008

Milho... do bom!



Desde os meus 15 anitos que sou fã de Milho... não do amarelo porque não sou galináceo, mas da banda americana com o baixo mais potente que existe. Os Korn sempre se evidenciaram com os vídeos de qualidade extrema e este que vos deixo hoje não foge à regra. "Evolution" é do novo álbum e é fantástico. Dia 27 de Fevereiro, no Pavilhão Atlântico, lá estarei com o meu homem, que até me ofereceu o bilhete! Seat back and enjoy the melody...

Thursday, January 31, 2008

Episódios - Parte II

Triiim Triiim
"Posso perguntar-lhe qual é a sua instrução escolar?"
"Tenho o antigo 7º ano."
"E qual é a sua profissão?"
"Engenheira!"
"Desculpe mas com o 7º ano é complicado que exerça uma profissão dessas sem licenciatura!"
"Oh minha querida, nunca ouviu falar em cunhas? Não seja ingénua!"
Triim Triiim
"Boa noite, daqui fala XXX e gostaria de pedir a sua colaboração na realização de uma entrevista"
"Ai filhinha, gostava muito de poder ajudar mas tenho o marido ao lume e tou a tratar do jantar!"

Episódios - parte I

Como trabalhadora de uma espécie de call center de vez em quando rio-me a bom rir. Vou aqui passar alguns excertos de conversas que se passaram comigo.
Ao fim de 30 minutos ela continuava a responder ao inquérito. De fundo o barulho de pratos e o marido a fazer comentários do género "Ai compraste Skip? Que interessante". Ela continua a responder, pede desculpa pelo burgesso e diz "Oh Paulo cala-te!" ao que ele responde "Pois tá para aí essa gaja só a fazer perguntinhas da treta e um gajo aqui a lavar a loiça sozinho! Se ela viesse lavar a loiça é que era serviço agora perguntar onde é que foste ás compras....".
Triiim triiiim. "Estou?" " Boa noite, daqui fala XXXX e queria pedir a sua colaboração na realização de uma entrevista". Resposta da velhinha: "Oh menina, eu já não oiço muito bem normalmente mas hoje tenho tantas vozes na minha cabeça que é melhor ficar para outra altura!"

Pituxo


Este é o o macho preto, o Pituxo! A fotografia não está lá muito boa mas é dificil fazer com que cachorros cegos e surdos fiquem quietos 2 segundos! E sim, parece um grande plano da genitália canina!

Coisas à lá Conguita

Tenho o esquentador avariado há uma semana!!! Foi para o técnico, normalmente designado por "homem do esquentador", mas, azarito, o sobrinho do homem morreu e ele nunca mais olhou para o eletrodoméstico! E eu? Bem, tenho aquecido água numa panela que dava para cozinhar o Fernando Mendes inteiro, peço ajuda à granny e enquanto me sento na banheira gelada, ela, com um fervedor vai-me molhando e ainda tem a lata de me chamar Raínha do Sabá, por ter assistência técnica enquanto estou a banhos!
Portanto, não me venham com balelas de aquecimento global, fome em África e a falta de paz no mundo porque o meu problema é bem maior!!!


PS - Desafio qualquer um de vocês a tomar banho com 10 litros de água e, mesmo assim, sentir-se limpo!

A Gorda!


Esta é a Gorda! A maior e mais rechochuda da ninhada, a mais fuceira para mamar e a mais desenvolvida de todos. Com dois dias já tentava ladrar e já foi apanhada a mamar na orelha da mãe e em quem lhe pega ao colo.

Combinações bizarras


Existem combinações boas - queijo & fiambre, Simon & Garfunkel, preto & branco, meretrizes & vinho verde.

Mas depois há outras que não lembram a ninguém, como por exemplo, e como diz o Celta, o holocausto Mafalda Veiga & João Pedro Pais. Ou para o N. (sim, ele ainda pensa que o secretismo é giro e que com a inicial N. ele podia-se chamar Numenisgundo) o pior é atum & framboesas, Floribella & Mikael Carreira, Festa do Avante & Camisa Sacoor, Bitoque & Vinho Verde!

A Shakira e a Byoncé ainda se entende : MAMAS! Pois eu descobri uma combinação ainda pior: Ricky Martin & Eros Ramazzotti! Como se ouvir um já fosse pouca moléstia, decidiram juntar aquelas duas avantesmas numa músiquinha mesmo boa para encher chouriços ao entardecer!!! E a seguir? Judas Priest feat. Bento XVI?!

OS PITUXOS!!!


Como prometido, aqui está a fotografia dos meus bébés... quer dizer, não são meus, são da Conga! Temos 2 meninos (1 branco e 1 preto) e 4 meninas!

Tuesday, January 22, 2008

Dominó

Sim, já não é novidade que a tonta da minha cadela é uma parideira. Seja como for, deu ontem à luz 6 cachorrinhos, com os quais eu posso jogar dominó, uma vez que são 3 brancos e 3 pretos. Já sabem, comecem a espalhar a palavra. Eu vou pondo aqui umas fotos, assim que me lembrar de comprar pilhas para a máquina fotográfica!

Meet the Spartans



Não sei porquê, mas este parece-me bem mais giro do que as estopadas dos Scary Movies... não sei, digo eu.

Thursday, January 10, 2008

Alguém me dá um estalo?


Eu gostava de saber qual foi a minha ideia de 1) ensinar à velhota como se usava o leitor de dvd e b) de lhe oferecer, pelo Xmas, um dvd da Aida, cantada pelo Pavarotti!


Hoje fui trabalhar, fui tratar do meu Via Card para a ponte ser mais barata, fui à Segurança Social e esperei 2 horas apenas para lhes dizer que a sra. M. Oliveira é minha avó, fui ao Centro de Saúde buscar as receitas medicamentosas da granny que ainda não estavam passadas e quando chego a casa o que é que eu oiço?! Um gordo barbudo e com ar de quem não toma banho há dias aos gritos e uma senhora de crista cor de rosa a gritar com ele, com o volume no máximo (porque a granny é surda e a música é linda!!!). E o tormento ainda se prolongou por quase duas longas e dolorosas horas, em que me barriquei no meu quarto! Até o gato meteu a cabeça debaixo de uma almofada tal era o suplício e os ginchos daquela gente.


Eu, às vezes, só me apetece levar com um barrote desferido com bastante violência do lobo frontal!

Oh azar, fado mau, vida madrasta

Eu e o Paulo já tínhamos tudo idealizado: sexta à noite, eu dizia ao Celta que o amava muito e ele não podia recusar o convite, ao Nuno só se podia dizer no próprio dia senão ele armava-se em primadona trolaró, a disponibilidade da Raquel teria de ser averiguada. Aproveitávamos para, finalmente, dar a prenda ao Nuno, que já fez anos há 2 meses. Bebíamos uns copos para comemorar a minha entrada nesse mundo maravilhoso que é o dos call centers. Abanávamos o rabo e as ancas, gozávamos com as vestimentas e as pielas, cantávamos e tudo era perfeito.
Até eu ter tido a curiosidade de ir ver a Agenda do Incógnito: são os Paulos e o seu aborrecido e deprimente Planeta Pop. Merda. Plano por água-abaixo. Os meus pêsames, pois até era bonzinho!

Admitem-se possibilidades

Estive a fazer as minhas continhas à vida e, se o meu projecto de ter dois empregos for avante, fico com 3 horas diárias livres, a meio da tarde. Algures entre as 15 e as 18h não tenho o que fazer. Sugestões?! Ah, já agora, estou na zona da Expo.

Monday, January 7, 2008

É um regabofe!!!


Já lá vai o tempo em que a minha casa era alcunhada por Zoo da Fonte-da-Telha, pois cá coexistiam 2 cães, uma gata, um canário e 2 hamsters. Agora só a Conga (que em breve se multiplicará por mais 5 ou 6 cachorros!) e o Igor moram cá e, embora ao princípio a coexistência estivesse longe de ser pacífica, agora é esta rambóia em frente à lareira! Pouca vergonha...

Ruas de Lisboa


Há umas semanas o meu Tio Mouco foi operado às cataratas (sim, além de mouco também tá cegueta!!!). Uma vez que não o pude acompanhar até à sala de operações, fui dar uma volta por Lisboa e aproveitei para disfrutar da minha máquinha fotográfica miraculosamente arranjada. A democracia ao longe...

A minha vida sem mim




Belíssimo. Recomendo. É dificil de encontrar mas eu já tenho o meu (gracias Celta)! Baseado no livro de Nancy Kinkaid e com produção da La Deseo (Almodovar e irmão) conta a história de uma rapariga que aos 23 anos, casada com o namorado de liceu e com duas filhas pequenas, descrobre que tem dois meses de vida. Com Sarah Polley e Mark Ruffalo. Este está no meu top 10.

Vida Nova

No Reveilhão brindei com os gato Fedorento a "Este Ano Foi uma Merda", o que chocou alguns dos presentes. Mas mudei de atitude. Não me vale a pena, ficar em casa, a mandar dezenas de CVs por semana, à espera de um trabalho. Que se lixe. Aceitei o primeiro que me apareceu. É chato, mal-pago e longe como o raio mas antes isso do que acabar nas páginas do 24horas como homicida sanguinária e tresloucada. A partir de quarta-feira, se alguém vos ligar a perguntar se querem assinar o Optimus Home, não sejam mal educados - posso ser eu. Sad but true.

Tuesday, December 11, 2007

Snifff

Hoje fiz as contas. Não vou ao Incógnito há 6 meses! Já vi casamentos durarem menos tempo. Convidem-me vá, que eu até sou capaz de aceitar!

Psssst Psssst

Oh malta, não se estão a esquecer de nada? E a prenda do Nuno? Não é por nada. O gajo só fez anos há quase um mês... só mesmo naquela da amizade e tal.

Anikigágá

Manoel de Oliveira, o realizador mais velho em actividade, faz hoje 99 anos. Não escrevo isto para lhe fazer grandes elogios e dizer que a sua obra é magnífica. Pelo contrário. Venho por este meio dizer-lhe a si, Manoel, que ainda tem tempo para se redimir das xaropadas de filmes que faz. Reforme-se e pode ser que Deus e o júri do Festival de Veneza lhe perdoem. Ou então não se reforme e aproveite a prenda que o Ministério da Cultura lhe deu e faça mais dois filmes, com quase diálogo algum, com o Luis MIguel Cintra, com árvores ao vento e senhoras a cantar muito esganiçadas e sofridas. Afinal os apoios já cá cantam. Chupe o máximo que puder Manoelinho. E contrate toda a família para fazer parte dessas produções tão prodigiosas capazes de provocar uma hérnia a um hipopótamo. Parabéns.

Now what?

O que fazer quando, embora se acorde ás 8 horas da manhã, só se consegue levantar o rabo da cama ás duas da tarde e é para não parecer mal?! Preciso de uma transfusão de atitude.

Wednesday, November 21, 2007

Um Polanski soberbo



Ontem apanhei um filme na RTP do sr. Roman Polanski que não conhecia. Chama-se Bitter Moon e conta a história de um amor obcessivo entre um homem e uma mulher e em como esse mesmo amor se transforma em ódio, só porque o ser humano tem em si um pouco de sadismo. Embora já com uns anos, é um bom filme que mostra da maneira menos natural do mundo que tudo o que é demais faz mal. Aconselho vivamente.

Pergunta

Onde é que a Dolly Parton compra casacos?!

Tuesday, November 20, 2007

Desportos Radicais com o Tio Mouco

O meu Tio Mouco foi ao médico para ter a certeza de algo que eu já há muito sabia: é surdo que nem uma porta. Mas uma ida a Setúbal com o meu Tio Mouco (em breve Tio Stereo, porque tem 2 aparelhos auditivos mais caros que uma casa no Alentejo!) é um manancial de ensinamentos, mais na onda do desporto radical. Quando ele insistiu em levar o seu jipe nos 40km que nos separavam de Setúbal eu temi, mas nem estava sequer minimamente preparada para o que aí vinha.
Ida e volta, contam-se 80 km e o Tio Stereo encheu-me de adrenalina e dores de barriga ao passar 3 sinais vermelhos, ao embicar por sentidos contrários (só 3 vezes), ao quase atropelamento de uma senhora, ao ter arrancado um espelho a um carro (e nem se apercebeu) e aos seus magníficos 130km/h na estrada nacional. Tendo em conta que é surdo e tem cataratas, imagine-se a dose!
Adoro o meu Tio e de almoçar com ele. Mas é sempre de desconfiar um restaurante que anuncia "os melhores bitoques da cidade" e cujo prato do dia é feijoada de choco. Seja como for, ensinamento número 2 - não misturar feijoada com coca cola. As entranhas ficam confusas.
Acompanhar o Tio Mouco é sempre uma alegria: medo de ficar sem as pernas, abdómen inchado e revolto, muito tabaco para esconder o nervosismo e aparelhos auditivos que o podem ajudar a gritar BINGO com os números certos, uma vez que seja na vida!
Lembrete - O Tio Mouco foi promovido a Tio Stereo.
Lembrete 2 - Para a próxima conduzo eu... se ele deixar.

Porreiro, pá!

Hoje comi, pela segunda vez na vida, feijoada de chocos. E não é tão mau como o nome possa sugerir. Tem graça. É diferente... A malta de Setúbal é assim, alternativa e tal.

Bhlaaarg!

ESTOU FARTA DE PANADOS E DE PEIXE FRITO!
Qualquer dia tenho pão ralado no umbigo e guelras nos joelhos! Ninguém merece!

A minha linda prenda



... de aniversário - Os Editors!!! Os meus meninos ofereceram-me o bilhete e eu estou muitíssimo agradecida. O espaço não lhes fazia jus mas os moços não se preocuparam tanto com isso e partiram a loiça toda. Fenomenal. A presença em palco do vocalista/ guitarrista é cativante e, admito, um tanto ou quanto libidinosa. Enfim... fazia-lhe um filho....ou dois (mas parece-me que não me safava muito com ele, segundo a bicheza lá do canto). Muito bom mesmo.